Sendo adulto e alugando uma casa

Quando me mudei para Dublin, imaginei que alugar uma casa seria uma tarefa difícil, mas não imaginei que beiraria o impossível.

Como disse antes inúmeras vezes, o mercado de aluguéis aqui na capital esmeraldina está maluco. Casas minúsculas com preço de apartamentos na frente do Central Park. Piorando a cada dia.

Não é nem mais uma questão apenas de preço, mesmo se propondo a pagar mais não é possível achar um lugar razoável facilmente.

Uma das primeiras "casas" que vi quando cheguei na cidade um ano e meio atrás tinha o banheiro FORA do apartamento. Outra que vi tinha mofo por toda a janela e parede e ao questionar o dono do apartamento fui recebido com um "o mofo está morto, é só deixar a janela aberta".

Se mofo (que por aqui é de um tipo diferente, que faz as pessoas pararem no hospital facilmente) não é um problema grande o suficiente, talvez saneamento básico seja. Na casa onde moro atualmente a água da torneira das pias e do chuveiro vão parar no meio quintal ao invés de irem diretamente pro esgoto. Tudo bem? Bom, a casa do andar de cima também joga a água dos mesmíssimos lugares no meu quintal. Tudo isso por meros mil e duzentos euros mensais.

Sem leis para cortar o barato dos donos de apartamentos, sem incentivo para construção de novas casas, com casas abandonadas sem ninguém para morar, sem transporte público de qualidade para permitir as pessoas morarem em outra cidade. Isso tudo só deve piorar ao longo dos próximos anos, o preço normal de 1200 euros para o aluguel vem se tornando 1500, talvez ano que vem 1600, no outro 1700 e fica a critério do leitor imaginar se há um limite.