Nice, Mônaco e o sul da França

Depois da minha primeira viagem à França, fiquei com receio de voltar. Não que sempre tenha sido tratado de forma preconceituosa ou fria, mas foi o que me marcou quando visitei Paris. Até mesmo franceses que conheço falavam mal sobre as pessoas de Côte d'Azur, o que me fez ficar com um pé atrás sobre Nice. Mas o que nos fez ir para lá, foi as plantações de lavanda. Devido a elas, se encontram diversos produtos de lavanda e de outras flores, como chás, sabonetes e perfumes. Somando mais pontos à viagem, Cannes e Mônaco também ficam há uma hora de Nice. Quem nunca teve a curiosidade de conhecer a cidade do cinema?

Como a maioria dos estereótipos, os que foram contados não são verdade. Durante toda a viagem, fomos atendidos de forma no mínimo razoável. Até mesmo em Mônaco o atendimento foi bom (falo mais tarde sobre as pessoas que estavam naquele lugar). Apesar da cidade ser famosa pelas grifes, o lugar é simples e na cidade antiga a maioria das pessoas são humildes. Nada de gente usando marcas caras, tomando vinho nas calçadas e esnobando quem passa. Pelo contrário, muitos jovens, bebendo vinho olhando o sol se por na praia de pedras. Para mim essa é a imagem que sempre terei de Nice, minha namorada e eu tomando vinho na beira da praia ouvindo o mar, vendo o sol se por.

Em Centre-ville de Nice, tem um ruazinha com diversos mercadinhos, como se fossem camelódromos. Lá é possível encontrar sabonetes a venda, comidas e vinhos em geral. Existem alguns restaurantes veganos ali na região, mas todos eles parecem fechar cedo ou em certos dias da semana, então é bom dar uma pesquisada no Google Maps para ver o horário de funcionamento deles. Ali compramos chá e sabonete, mas descobrimos mais tarde que há lugares mais baratos para se fazer isso. No final de semana existe uma feira no centro da cidade, lá o preço do sabonete estava menos que a metade que pagamos. Por outro lado, não conseguimos achar um lugar com chá em tanta variedade como em Centre-Ville.

Falando em restaurantes veganos, o Vegan Gorilla foi um dos melhores restaurantes que já fui. O lugar é bem moderno (e hipster) e o preço é acessível. Foi lá também que descobrimos que existe uma marca utilizando o coco como embalagem para água de coco (sim eu sei como isso soa bizarro, mas olhe a imagem a baixo).

Cannes

Em Cannes, aproveitamos o bom clima para passar uma manhã na praia, dado que Nice não tinha algo que normalmente chamamos de praia ;). A praia é de areia fofa e atrás dela ficam diversos restaurantes vendendo almoço (a maioria chique, não vi nenhum simples), bebidas e os famosos "guarda-sol" nos lugares reservados. Aqui também achamos um restaurante com opções veganas, o 3.14. Por ser um restaurante na beira da praia, não há motivos para reclamar do preço. Pedimos também dois "softails" e o gosto estava tão bom quanto a aparência.

Lac de Saint-Cassien

Depois de nossa manhã em Cannes, fomos para Lac de Saint-Cassien. Um lindo lago no meio do nada. Demoramos um bom tempo para chegar lá, atravessamos lugares completamente isolados do mundo. A vista totalmente valeu a pena, e por ser um lugar não muito conhecido, aproveitamos praticamente o lugar sozinhos, com uma ou outra pessoas passando.

Mônaco

Estávamos passando próximos de Mônaco no final do dia e decidimos dar uma passada por lá. Ficamos presos no trânsito, sem saber muito bem como ir para o restaurante que queríamos. Passamos umas quatro vezes pela pista de corrida (que em dias normais é parte da cidade) e como estava tendo algum evento esportivo na cidade (arrisco dizer um campeonato de tênis), o trânsito estava caótico.

A cidade em si é bizarra. Pessoas se amontoando na beira da pista para tirar foto dos carros esportivos passando. Pessoas tirando foto de carros parados, lojas, grifes e todo o lixo ocidental em um só lugar. Era como ver uma distopia ao vivo. Bizarro.

Nosso objetivo na cidade era ir num restaurante com opções veganas. O lugar era bem hipster (veganos e hipsters parecem andar de mãos dadas). Acabamos pedindo uma pizza e um hambúrguer. O hambúrguer estava bom, mas nada especial.

Em geral

Nice deve ser um bom lugar para se morar, tirando o trânsito caótico na cidade (pessoas simplesmente parando na rua com o carro e estacionando no meio da rua), o lugar é simples, bem diferente do estereótipo contado por muitos. Não conhecemos muito de Cannes, mas a praia é maravilhosa. E nunca na minha vida voltarei a Mônaco.